Tel: (51) 3209-2939 | (51) 99565-2939

Marcos de Borba tira suas dúvidas

Eu posso ter cáries ou manchas nos dentes por causa do aparelho?

Você só terá problemas de cárie, manchas e sangramento gengival, se não houver cuidado com a higiene.

O importante é limpar bem em volta dos braquetes dando uma atenção especial à área mais próxima à gengiva. Basta seguir as orientações do seu ortodontista e usar corretamente a escova e o fio dental.

Confira um artigo sobre higiene ortodontica

A limpeza é mais difícil durante o tratamento, mas só depende de você ter os dentes sempre limpos e a gengiva livre de sangramentos.

Por que algumas pessoas precisam extrair um ou mais dentes antes do tratamento ortodôntico?

As extrações são indicadas apenas quando há falta de espaços parao correto alinhamento dos dentes.

O ortodontista vai decidir extrair ou não, dependendo do estudo do caso que é feito na documentação ortodôntica (radiografias, modelos, etc.).

Extrair dentes é um ótimo recurso quando bem indicado, mas, se for mal planejado, pode comprometer o resultado. Por outro lado, não fazer as extrações quando é necessário também pode levar o tratamento ao fracasso.

Quais os benefícios do aparelho, além da estética?

A função principal é restabelecer a oclusão dentária (perfeita engrenagem dos dentes superiores e inferiores), para a correta mastigação e, conseqüentemente, adequada nutrição e saúde bucal.

Com o restabelecimento da oclusão, evitam-se problemas de respiração, deglutição, fala e da articulação temporomandibular.

Quanto tempo preciso usar o aparelho ortodôntico?

Prever o tempo de um tratamento ortodôntico é difícil, pois este depende de vários fatores, como respostas biológicas individuais, tipo de má oclusão, tipo de aparelho utilizado e colaboração do paciente.

Um tempo médio é de vinte e quatro a trinta e seis meses de tratamento ativo.

Existe a possibilidade os dentes retornarem à posição original?

Para a posição original, não. Podem ocorrer pequenas acomodações pós-tratamento, que podem estar ligadas ao crescimento e as alterações funcionais.

Essa tendência é normalmente bem controlada e minimizada através de um bom planejamento, de perfeita execução da técnica ortodôntica, bem como da utilização correta dos aparelhos de contenção.

Quando agendar consultas?

Para que o nosso tratamento siga corretamente, é necessário um planejamento prévio a cada consulta a ser realizada. Para isto, precisaremos fazer estas consultas com hora marcada num intervalo de 20 a 30 dias.

As consultas, em via de regra, obedecem a intervalos de 3 a 4 semanas. No entanto, elas podem sofrer alguma variação a pedido do ortodontista. O ideal é o paciente sair do consultório com a próxima consulta já marcada, os seja, com cerca de 1 mês de antecedência.

Com o agendamento das consultas você pode planejar seu dia mais facilmente e nós podemos dedicar este tempo do Consultório especialmente a você!

A marcação de consultas é de iniciativa do paciente. Ele também é responsável pelo horário agendado.

Nas férias, como proceder?

Nós sabemos que você tira férias, mas seus dentes não podem ter descanso!

Em caso de viagem, entre em contato com o consultório e programe suas consultas próximas às datas de partida e de chegada, assim, seu tratamento não fica interrompido. Caso você saia os 3 meses em férias, não tem jeito, você precisará retornar para as consultas. Mas serão só 3 vezes e será tão rápido a sua vinda e ida que o sol nem vai perceber!!

Cuidados especiais com alimentação devem ser tomados tendo em vista a dificuldade de reparo do aparelho neste período.

Quando devemos utilizar aparelho?

O uso de aparelho está indicado toda vez que for constatado, pelo paciente ou pelo Cir. Dentista, um mal posicionamento dos dentes ou uma discrepância entre as arcadas superior e inferior.

A má oclusão quando detectada e tratada precocemente pode simplificar ou, até mesmo, dispensar o tratamento ortodôntico futuro, eliminando, muitas vezes, a necessidade de extrações de dentes permanentes.

Por estarem em fase de crescimento, aproveita-se a formação dos dentes e das arcadas para logo colocá-los na posição correta. Hoje em dia, adultos estão cada vez mais preocupados em "recuperar o tempo perdido" e a idéia de que os dentes não podem ser mais "consertados" já foi abolida.

Por que utilizar aparelho ortodôntico?

A Ortodontia previne e trata problemas de má posição dentária. Além de se obter uma boa estética, a correção de dentes tortos nos possibilita maior saúde bucal.

Os dentes tortos ou encavalados podem causar um desgaste desigual das superfícies dos dentes ou problemas nos maxilares que podem levar a complicações com o passar dos anos.

Também podem dificultar a hogiene adequada, podendo surgir acúmulos de placa bacteriana e, consequentemente, doenças gengivais e lesões de cárie.

O que eu faço, descolou um braquete?

Tudo que é colado é passível de ser descolado. Esta regra vale também para os acessórios do aparelho ortodôntico.

Embora a colagem dos braquetes seja feita com resina de alta resistência, é possível que durante a mastigação de um alimento duro possa haver o descolamento de algum acessório.

Neste caso, entre em contato com a clínica comunicando o ocorrido que, dependendo do caso, marcaremos uma consulta de urgência para solucionarmos o problema.

O que eu faço, quebrou o aparelho móvel?

O aparelho móvel quanto mais tempo fora da boca, mais fácil é a desdaptação dele, podendo haver dificuldade na sua reinstalação.

Por isso, em caso de fratura do mesmo, o paciente deverá entrar em contato o mais breve possível com a clínica para que seja agendada uma nova consulta para a confecção de um novo aparelho.

Siga corretamente as orientações dos cuidados com aparelho removível, que dificilmente haverá problemas.

Faltas e atrasos

Isto realmente deve ser evitado! Atrasos e faltas impedem que todos os procedimentos previstos para o dia sejam reduzidos ou adiados.

Como nós contamos com o seu horário nas consultas de manutenção, as mensalidades precisarão ser pagas mesmo se você tiver que faltar. Ou seja, mesmo que o paciente não vá ao consultório em determinado mês, não fica isento do pagamento da referida parcela de mensalidade.

Claro, problemas acontecem. Caso você realmente precise faltar na hora da consulta marcada, por favor, não esqueça de nos avisar com antecedência (no mínimo 24 horas). E se você perceber que vai se atrasar e não vai conseguir chegar no horário combinado, tente nos avisar mesmo assim.

Cuidados com aparelho removível

Os aparelhos removíveis ou móveis:

Quando tirados da boca, devem ser acomodados no estojo especial para ele; nunca embrulhe em guardanapos após as refeições. Nunca coloque o aparelho no bolso ou solto na mochila.

Sua limpeza também deve ser feita sempre, lavando-o e escovando-o fora da boca;

Não coloque o aparelho após as refeições sem ter escovado os dentes e o aparelho;

Não coma com o aparelho na boca, isto pode machucar sua boca e danificar o aparelho;

Não use o aparelho quando estiver participando de atividades esportivas e principalmente natação;

Use o aparelho sempre que possível!!! (no mínimo 20hs por dia);

Dica: quando o aparelho removível é deixado fora da boca ele resseca e pode ficar com gosto ou cheiro esquisito. Para evitar isto, coloque-o depois de escovado em um estojo ou copo com água com uma colher de sopa de água oxigenada ou uma colher de sobremesa de bicarbonato de sódio. Deixe-o lá por enquanto você faz sua refeição. Não esqueça de escovar e enxaguá-lo antes de usá-lo novamente.

Cuidados com aparelho fixo

Os aparelhos fixos, por estarem sempre dentro da boca, precisam de sua observação mais cuidadosa durante o período entre consultas:

Sempre verificar se os braquetes e bandas estão bem fixados;
Caso alguma peça do seu aparelho se solte ligue para o consultório informando;
Fazer a limpeza muito bem feita, siga corretamente nossas orientações;
Tomar cuidados com a mastigação, evitando alimentos duros (balas, pipoca, amendoim) e açucarados demais;
Não mastigue objetos estranhos, como lápis, clips.....isto resultará em danos ao aparelho
Não utilize palitos de dentes;
Evitar hábitos como roer unhas e morder canetas;
Evitar ficar mexer no aparelho.

Alimentação

Um dos fatores responsáveis pelo aumento do tempo do tratamento ortodôntico é o mau uso do mesmo.

Portanto, alguns cuidados com a alimentação devem ser tomados enquanto se está com aparelho ortodôntico.

- Evite alimentos duros ou crocantes, como pipoca, amendoim, nozes, gelo, etc.;

- Evite alimentos  grudentos e pegajosos, como goma de mascar, caramelo, bala de goma, etc.

- Frutas e verduras (maçã e cenoura), biscoitos e barras de chocolates devem ser cortados ou partidos antes de serem levados à boca, a fim de reduzir o descolamento ou fraturas do aparelho ortodôntico.

Higienização do seu aparelho ortodôntico

A limpeza é dificultada durante o tratamento ortodôntico. Por isso é necessário que se siga as orientações do seu ortodontista para evitar lesões de cárie e inflamações gengivais durante o tratamento ortodôntico.














1) 
No lado de fora de todos de todos dentes e no lado de dentro dos dentes de Trás, posicione a escova num ângulo de 45o  na linha da gengiva e paça pequenos movimentos de vai-e vem.
 


2) Introduza as cerdas da escova entre os dentes e o fio metálico.Faça isto com as pontas viradas para baixo e depois para cima.

 


  












3)
 Na parte de dentro dos dentes da frente, use a escova na vertical com movimentos para cima e para baixo. 

















4) 
Escove a parte de cima da língua.

 

 

 














5) 
Você pode usar uma escova interdental, limpando os espaços entre os dentes e ao redor do aparelho ortodôntico.

 














6) 
Após as refeições, além da escovação, limpe os dentes com um fio dental de ponta regida ou utilize fio normal com a ajuda de um passa-fio. Não utilize palitos de dentes, eles podem danificar o aparelho ortodôntico.